quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

E as resoluções para 2013?

Ter um blog em que me comprometi comigo mesma que escrevia todos os dias nem sempre é fácil. Há dias em que chego a casa às 22h, depois de um dia em frente ao computador, e a última coisa que me apetece é pegar novamente noutro computador e recomeçar a escrever com esta luz virada para mim. Há dias em que tenho vontade de apenas escrever sobre assuntos tão íntimos e pessoais que é difícil arranjar temas mais "leves" e impessoais que possam ser partilhados. E há, depois, há dias como este, em que me lembro de ler algo antigo e agradeço a mim mesma ter tido esta ideia. Sou desorganizada, tenho sempre a cabeça a mil, a fervilhar de ideias, e reler-me é como encontrar o índice deste caos que sou. Hoje lembrei-me de ler as minhas resoluções de ano novo do ano passado. E o que me ri (sou uma fraude, não fiz quase nada!). Foram estas:
1. Terminar a tese.
2. Ter pelo menos 17 na dissertação. Sei que estou a ser ambiciosa, mas era o meu sonho.
3. Ganhar mais que em 2012.
4. Levar a actividade desportiva mais a sério e dedicar-me, pelo menos 3 vezes por semana, ao desporto.
5. Retomar um dos meus hobbies antigos.
6. Continuar a escrever neste blog.
7. Ser uma filha mais presente e ligar mais às avós e restante família.
8. Marcar mais jantaradas cá em casa. Tenho sido preguiçosa a organizar jantares.
9. Atingir os 55kgs. Mesmo com as jantaradas, portanto.
10. Dedicar mais tempo à casa e à decoração da mesma.
11. Adoptar um estilo de alimentação mais saudável: adeus chocolates, batatas fritas e fast food.
12. Ler pelo menos um livro por mês.
13. Preparar mais surpresas românticas. Ando um bocado desleixada. (Tu, se me lês, não me atires isto à cara, sim? Admitir é o primeiro passo! :))
14. Passar um fim-de-semana na neve, pois tenho saudades de fazer snowboard (Até já sonho com isso).
15. Ser mais pontual. Todos me dizem que é o meu pior defeito. E sei que passa por má-educação. Tenho que mudar isso urgentemente!!
16. Não ter medo de dizer "NÃO". Acabo muitas vezes por dizer que sim a tudo e depois fico com programas em simultâneo, o que é chato para quem me convida.
17. Não voltar a comprar presentes de Natal ou de aniversários no próprio dia. Compro sempre coisas mais caras do que aquilo que queria.
18. Não cortar a franja. Não me fica bem, definitivamente. Não me posso esquecer disso.
19. Deitar-me antes das 2h se não vou trabalhar/ fazer a tese.
20. Fazer pelo menos 10 destas resoluções."

Quantas fiz realmente? Quase nenhuma. E nem eram demasiado ambiciosas. Suspendi a tese, apesar de estar quase terminada, não fiquei magra, não ganhei mais este ano, não passei a comer só saladas e grelhados, não li mais, não voltei à neve,... Por isso, o meu maior orgulho foi, muito honestamente, ter conseguido levar a sério o ponto 6. Sim, continuei a escrever neste blog. E foi a maior decisão que tomei. Tem sido realmente terapêutico. Agora é altura de pensar nas resoluções para 2014. Amanhã partilho tudo com vocês. Espero que estejam a ter um ótimo início de ano!

3 comentários:

  1. Que tenhas um grande ano!

    beijos

    homem sem blogue
    homemsemblogue.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. O que interessa é sentirmo-nos realizadas e felizes.

    prontaevestida@gmail.com

    ResponderEliminar