terça-feira, 18 de dezembro de 2012

EMPREGO DE SONHO


Adoro aquele momento em que, por que pegar numa peça de roupa que estava para ali abandonada, há logo alguma mulher que começa a salivar a olhar e a querer também. Aconteceu-me hoje outra vez. Peguei numa carteira (a pensar na minha irmã) que estava na prateleira triste e sozinha, fui ver o meu reflexo ao espelho, a exibir-me para mim mesma, e eis que oiço logo mãe e filha "Maria, olha que bonita. Não era assim que querias?".

Eu decidi que não queria, mas só pensava "isto podia dar dinheiro! Era grande profissão - andar de loja em loja a pegar em peças, rir-me para o espelho como se fosse algo imprescindível para a minha vida e pronto".

Lojas deste mundo, estou aqui. O meu email está ali do lado esquerdo, estão a ver? Em cima, debaixo da fotografia. Pensem nisso. Olhem que resulta. 50/50 da margem de lucro? Sim? E é só por ser Natal. ;)

1 comentário:

  1. Que bela ideia!

    homem sem blogue
    homemsemblogue.blogspot.pt

    ResponderEliminar