segunda-feira, 11 de março de 2013

Não lido bem com a nudez?

A minha mãe toca à campaínha. Abro a porta.
Beijinho.
Entra.
- Estás sozinha? Onde está o ...?
- Não, ele está ali dentro a vestir-se. Saiu agora do banho.
Chamo-o.
- Já estás pronto?
A porta abre-se.
- Oláa!
Olho para ele. Está de boxers. Apenas. Todo sorridente.
- VESTE-TE!!, grito-lhe, enquanto o empurro e fecho a porta.
A minha mãe a rir-se. Ele a resmungar.
De tarde, ele comenta comigo que não percebe o meu pudor.
- Estava como ando na praia. A tua mãe já me viu tantas vezes.
- Mas isto não é praia. Estávamos todos vestidos e tu nú.
- Nú?? Estava de boxers.
- É o mesmo que nú. Vê-se tudo.
- Que complexada. Então eu não tenho problemas e tu tens?
- Acho que fica mal andares assim. Não tens 10 anos, não és um miúdo.
- Mas qual é o problema?
- É feio. Gostavas que fosse abraçar o teu pai em lingerie?
- Oh.
- É como ando na praia!
- Mas na praia não o abraças.
- Mas abraçava agora, com saudades. Ah e até ia só de cuequinhas abraçá-lo.
- Tu não fazes topless.
- Passo a fazer.
- Cala-te. Tens um problema com a nudez.
Juro que não tenho. Simplesmente não me parece natural andarmos em lingerie junto de alguém que não a pessoa com quem dormimos... (ou amigas, ok)
Como é com vocês? Partilham deste meu problema ponto de vista?

15 comentários:

  1. Os homens não vêem mal em andar assim pela casa, mas não gostam que elas andem. E nada de abrirem a porta se estiverem só de t-shirt sem soutien.

    ResponderEliminar
  2. Partilho. Na praia é uma coisa, em casa é outra. Também não tenho nenhum problema com a nudez, mas vestir uma roupinha em determinadas circunstâncias (como a que descreveste por exemplo) é aconselhável :)

    ResponderEliminar
  3. Dou-te razão, pois receber pessoas em casa, em tronco nu e/ou boxers não é propriamente uma etiqueta bonita.

    PS: Este post não serve para a questão dos espaços entre parágrafos já que é uma conversa. loool

    ResponderEliminar
  4. Ora nem mais! Há que fazer distinção das situações!
    E já agora sou só eu que não entendo a necessidade de certas pessoas em andarem completamente despidas a passear nos balneários dos ginásios? Ou estão todas nuas a secar o cabelo, ou a maquilhar-se ou a por conversa em dia... É assim tão difícil enrolar uma toalha enquanto fazem essas coisas? É informação a mais que eu dispenso bem! Saio sempre com uma informação visual exagerada de mamas, pipis e rabos!!! ;)

    ResponderEliminar
  5. Anónimo16:12

    Concordo contigo. Acho que é também uma questão de respeito. Nem quero imaginar aparecer só de roupa interior à frente do meu sogro. ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Manu16:53

    Acho que se resume a uma questão cultural. Actualmente vivo numa das maiores cidades da Alemanha, um país extremamente desenvolvido onde se faz questão de fazer cumprir as regras sociais, aliás qualquer tipo de regra. O nível de cultura é elevado e as pessoas são, em geral, muito educadas. Enfim, às vezes não é fácil viver cá mas nestes aspectos este país é espectacular.
    E todo este paleio para quê? Ora bem, as saunas são coisa comum aqui por estes lados. Acontece que se quisermos desfrutar dessa actividade o melhor é deixarmos os pudores à porta. É que se levarmos uma toalha, por mais pequena que seja, quem se torna alvo de atenções e olhares somos nós! Se por outro lado optarmos por andar como chegamos ao Mundo, então somos apenas mais um entre muitos. Portanto, o melhor a fazer é nos "despirmos de preconceitos"! ;)

    ResponderEliminar
  7. Não me choca andar despido em casa com visitas. Porém, para que a outra pessoa se sinta à vontade opto sempre por vestir uma t-shirt e uns calções por cima dos boxers.

    homem sem blogue
    homemsemblogue.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  8. eu concordo contigo, não há cá "nudez" para ninguém, sem ser na praia com o devido bikini ou calçãozinho de banho

    ResponderEliminar
  9. Se o meu namorado aparecesse de boxers à frente da minha mãe também ficaria um pouco constrangida, contudo, se ele não se importasse com isso e se sentisse bem assim qual o problema?

    Na generalidade dos casos as pessoas dão muita importância ao que os outros pensam, deixando por vezes de fazer o que realmente lhes apetece.

    Penso que tudo seja uma questão de hábitos. As pessoas são como são, desde que não cometam nenhum crime acho que devem agir como gostam de agir. Inicialmente pode fazer um pouco de confusão mas com o tempo passa a ser normal.

    ResponderEliminar
  10. O N. apresenta-se pouco nesses trajes. Normalmente fica mais constrangido que a minha mãe, que goza com ele. Mas nada de grandes embaraços.

    ResponderEliminar
  11. Acho que este meu post http://juntoajanela.blogspot.pt/2012/12/e-de-manha-que-comeca-o-dia.html responde à tua pergunta ;)

    ResponderEliminar
  12. Acho que tens toda a a razão,mas digo-te já que tiveste muita sorte. A minha mãe tinha o hábito,como tinha a nossa chave,de abrir a porta e pimba,entrava pela casa a dentro. Certo dia,estava o meu homem a tomar banho,a minha mãe entra(vinha-me passar a ferro tadinha) e ele,não se apercebendo,saiu como veio ao mundo. Podes ter a certeza,que a minha mãe,nunca mais abriu a porta com chave. Toca sempre à porta agora;)

    ResponderEliminar
  13. Concordo! É uma questão de respeito ;)

    ResponderEliminar
  14. Por acaso não gosto de andar por casa só de boxers, nem de pijama nem de maneira nenhuma que não seja vestido em condições.
    Faz-me confusão ter de me levantar da cama de pijama e ter de me cruzar com alguém fora do quarto.
    No entanto não acho estranho que as outras pessoas se apresentem assim ou de boxers ou lá como for.
    Sou uma pessoa estranha, eu sei :)

    ResponderEliminar
  15. Pepper09:12

    nem por isso...acho um bocado exagerado...

    ResponderEliminar