quinta-feira, 21 de março de 2013

Tiro ou não tiro?

Tenho um sinal na cara desde muito pequena. Já nem reparo nele, quando me vejo ao espelho, porque anda cá há realmente muitos anos. No entanto, há uns tempos, a ouvir alguém falar de sinais perigosos, decidi marcar consulta num determinado dermatologista supostamente para cima de espectacular. Um daqueles médicos tão concorridos que é preciso marcar consulta com séculos de antecedência. Lá fui eu mostrar o meu bebé, para confirmar que estava de saúde e não íamos ter que separar-nos.
- Então o que a traz cá?
- Este sinal.
- O que tem? Não gosta dele?
- Gosto.
- Então porque veio cá?
- Hmmm... Confirmar que não tinha que o tirar.
- Mas se gosta dele, ia tirá-lo porquê?
- Peço desculpa pela minha ignorância, mas tinha ideia que alguns sinais eram perigosos e tinham que ser removidos.
- Esse sinal parece-lhe perigoso?
- Bem... (a tentar conter o riso). Nunca fez nada que eu achasse perigoso.
- Cresceu, mudou a cor, dói-lhe?
- A tudo respondo "não".
- Então é uma porcaria. Pode ficar com ele. E olhe que fica-lhe bem.
Saí de lá num misto de irritação e vontade de rir com a situação. Só que ultimamente dou por mim a pensar nisso novamente. Tenho medo que um dia o sinal cresça e fique feioso, como vemos nalgumas velhinhas. É por isso que ando a pensar tirá-lo.

Se fossem vocês tiravam?
Gostam de ver pessoas com sinais na cara ou acham feio, horrível?

15 comentários:

  1. Eu tenho um sinal verde nas costas e nem pensar em tirá-lo. É a minha marca de sportinguismo. Melhor do que uma tatuagem.

    Romântico à Forca

    ResponderEliminar
  2. Se não me incomodasse e não fosse perigoso eu não tirava... É mais uma marca de individualidade e mais tarde, se se tornar um problema, podem até existir formas mais avançadas/simples de retirá-lo!

    ResponderEliminar
  3. Estou mesmo a ver quem é o dermatologista.....pela conversa. Bom,eu acho que não deves tirar. É na ponta do nariz à bruxa? No queixo à velha? Tem pêlos? Não? Então deixa estar o pobrezinho,que faz parte da tua vida desde sempre e quase de certeza do teu charme! A minha irmã tirou o dela à "Catarina Furtado"e ficou estranha e com marca!

    ResponderEliminar
  4. Não o tires. É sinal de beleza! Há tanta gente a querer um e fazer com lápis ou colar um postiço! Guarda-o! Nunca o vi, mas faz parte da tua imagem con certeza. Talvez até seja a tua imagem de marca ;) keep it!

    cacaucaramelo.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  5. Tenho um no meio da testa! É sempre motivo de uma piada de sniper, ou da pergunta se tenho família indiana ou whatever. A verdade éq o tenho de nascença e nunca conheci ninguém com um igual portanto... it's a keeper.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo20:57

    Eu tenho um acima da boca, tipo como aquelas senhoras de antigamente que punham um postiço. Não gosto dele nem nunca gostei. Quando era pequena tentei arrancá-lo com as unhas muitas vezes.
    Tenho a impressão que tem crescido muito lentamente.
    Á primeira oportunidade vou tirá-lo.

    ResponderEliminar
  7. Se ele, que é o especialista, te diz que não precisas tirar, para quê fazê-lo? Ainda por cima se não te incomoda ;) depende dos sinais. Conheço uma rapariga que tem um, grande e fica-lhe muito mal. Eu tenho um, mais pequenino, e o meu namorado diz que fica sexy. Portanto, depende e se gostas dele, deixa-o estar :)

    ResponderEliminar
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  9. Acabei de marcar consulta no dermatologista para ver dos meus sinais, além de não ter nenhum na cara, não acho feio, até acho que dá personalidade, se a pessoa não tiver em excesso claro.
    Pior é ter aqueles bocadinhos de carne no pescoço ou no peito, por causa de fios e dos cabelos que se prendem lá e doi que se farta.. que é o que eu tenho :X
    agora se o sinal não incomoda fica com ele =) é teu ^^

    ResponderEliminar
  10. eu tb tinha um na cara, junto ao nariz e tirei. a médica disse q poderia continuar a crescer e imaginei-me logo como a bruxa da branca de neve... na semana seguinte fui à faca!! foi um "nose job"!

    ResponderEliminar
  11. Anónimo15:17

    o meu dermatologista também é assim, pergunta-me se quero ou não continuar a tomar os medicamentos!
    é melhor procurares a opinião de outro especialista

    ana

    ResponderEliminar
  12. Anónimo19:31

    Concordo com a Ana, penso que o especialista devia ter tido uma abordagem mais cuidada.
    Se decidires tirar, o mais importante é procurares um bom dermatologista, não um que tenha só nome, mas que te seja recomendado por alguém que já lá foi.
    Eu fui a um dermatologista de renome, numa clinica considerada das melhores do Porto, ia por outras razões mas acabei por lhe mostrar um ponto negro grande que me tinha aparecido no peito. Ele disse que mo podia tirar de imediato, fê-lo da forma mais descuidada possivel, a correr e sem qualquer atenção. Como resultado fiquei com uma cicatriz hipertrófica enorme que, passado quase um ano, me continua a dar problemas.
    O mais importante é sem dúvida a escolha do especialista.

    Maria

    ResponderEliminar
  13. Anónimo22:43

    A decisão é unicamente tua! Eu já tirei três no rosto e uns oito no corpo, e ficaram impec...ou seja, nem parece que alguma vez existiram! Qd era adolescente tive uma experiência com uma dermatologista de renome do Porto péssima, além do sinal nas costas parece que me tirou um pulmão!!! Demorei anos a decidir se o deveria voltar a fazer (principalmente em relação aos sinais do rosto) e à três anos atrás no dia do meu aniversário lá fui eu. Após uma conversa informal numa visita a uma amiga num hospital privado (que foi por umas mamocas)com o cirurgião plástico decidi arriscar, e adorei!! Por isso lá voltei três vezes!! E aí vi a diferença entre um cirurgião plástico e um dermatologista... a atenção, a sensibilidade pela parte estética, todos os esclarecimentos, impossível comparar... Aconselho a fazerem consulta no dermatologista para avaliar riscos mas para tirar tem de ser um cirurgião plástico.. o meu é fantástico, não há melhor, e trabalha em vários hospitais privados do Porto!

    ResponderEliminar
  14. Anónimo15:03

    Também tenho um sinal verde no braço e sempre tive curiosidade de saber como ele foi parar ali e por que é tão diferente dos outros? hehe Se alguém souber...

    ResponderEliminar