sábado, 30 de março de 2013

Rapidinha de fim-de-semana

Não sei por que carga de água foi, mas ontem acabámos a jantar num restaurante asiático - daqueles que tentam abarcar em si toda a grandiosidade do continente asiático... mas acabam por ter basicamente comida chinesa. Apesar da minha reticência inicial, acabei por gostar da noite. Gostei de conhecer o "Ya", o dono (será que se escreve assim?) e o empregado sempre com piadinhas fáceis (típico). No entanto, o melhor da noite, para mim, foi um diálogo entre um parzinho a que assisti ao meu lado (sou muito voyeur, culpada!):
- Não comes a soja?
- Não.
- Mas não gostas do sabor?
- Não...
- É que não tem quase sabor.
- Arghh... Sabes o que foi? Desde que soube aquela história do Chinês que fechou ao lado de minha casa, porque encontraram cães e gatos no frigorífico, deixei de conseguir comer.
- Hmmm...
- É por isso.
- Mas então não devias era comer carne, não achas?
- Não. É que agora também não sei se isto é soja ou se são umas ervas quaisquer que encontraram.
- (silêncio)
- ...
- Mas alguma vez gostaste de soja? Antes de fecharem esse Chinês comias soja?
- Não. Nunca gostei.
- (silêncio)
- ...
Tenho a sensação que aqueles dois não acabaram a noite a amar-se loucamente. Temo até que nunca mais se tenham visto.

4 comentários:

  1. que raio de diálogo o deles...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ele não parecia propriamente um génio. ;)

      Eliminar
  2. AHAHAH, seria um first date?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parecia. First and last date!

      Eliminar