domingo, 3 de fevereiro de 2013

A Erica Fontes...

... tem sido muito falada, ultimamente, por ter ganho o equivalente aos Óscares da indústria dos filmes para adultos, e por ter também dado um workshop de sexo oral. Facto 1.

Hoje perguntei à minha avó se tinha dado uns beijos a um amigo com que andava a sair e a minha mãe ficou escandalizada. Facto 2.

Facto 1 + Facto 2 = Uma desconhecida a falar connosco de sexo oral é normal. Perguntar coisas íntimas à família é falta de respeito.

A minha conclusão: gostava que toda a gente tivesse mais à vontade a falar de certos temas. Crescemos todos com a convicção de que determinados assuntos são tabu. Terão que ser? Não podemos falar de beijos, amor e do acto de o fazer? Pois, pelos vistos não. Mas é pena, porque depois tem que vir uma Erica Fontes ensinar uns truques. E acho sinceramente que determinados problemas podiam ser minorados se se falasse mais com os amigos ou até com profissionais especializados - sexólogos, não actores porno.
Vejamos deste ponto de vista: a Erica é actriz, certo? Tem relações, finge para as câmaras que está a ser a maior loucura de sempre, finge estar doida pelo seu par 'romântico' e finge gemidos de prazer. Correcto? Não estudou o corpo humano na escola, não teve Anatomia (que eu saiba), nem se especializou no assunto de forma profissional.
Assim sendo, pedir-lhe conselhos não é a mesma coisa que eu ir ao actor do Dr. House quando tiver uma dor de costas? Não é a mesma coisa que eu ligar à actriz do Ally Mcbeal a pedir para me defender em Tribunal, porque fui multada?

15 comentários:

  1. Falou e disse!
    Muito bem, tens toda a razão.

    Acho muito bonito da maneira que já aqui mais vezes falas-te da tua avó no blog. Parece que têm muita cumplicidade.
    Beijinho

    http://cacaucaramelo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu adoro-a, não consigo disfarçar. ;)

      Eliminar
  2. Nunca tinha pensado nisso. Para mim, uma actriz de cinema para adultos teria de perceber mesmo do assunto. Afinal, só é preciso saber representar. Bem visto.

    Romântico à Forca

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, vai-se a ver e a Erica é uma bebé. Erica, se me estás a ler, podes defender-te. Tens direito ao contraditório. ;)

      Eliminar
  3. sara11:28

    Muito booom ;)

    ResponderEliminar
  4. Uma analogia perfeita. Concordo plenamente*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem. Pensei que esta teoria não ia ter adeptos. :)

      Eliminar
  5. Anónimo14:36

    acontece que algumas coisas não se aprendem na escola ou em cursos, simplesmente aprendem-se fazendo

    ResponderEliminar
  6. Infelizmente vivemos numa sociedade em que a parte mais física de uma relação amorosa é tabu.
    E desengane-se quem pensa que isso acontece apenas na cabeça das pessoas mais velhas, porque há por aí muita gente de 16, 17, ou 20 anos que ainda tem "vergonha" de certos assuntos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo contigo, Ana. Têm vergonha e não sabem com quem falar, que é a pior parte...

      Eliminar
  7. Nunca tinha pensado nisso assim. Concordo perfeitamente. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma teoria um bocadinho rebuscada, mas ainda bem que ganhei apoios. ;)

      Eliminar
  8. Anónimo00:44

    Raio de conclusão. Os actores de filmes pornos quando estão a ter um orgasmo, (pelo menos eles) estão a ter mesmo. Tendo em conta que eles têm orgasmos graças às atrizes, penso que elas sabem o que estão a fazer. Os actores de filmes ditos normais não matam, não curam, nem a ponta de um corno. Mas é bom saber que existe alguém que pensa que devemos aprender com um Professor a fazer sexo oral.
    Pela tua conclusão só mostraste que a tua mãe não é pessoa para ficar escandalizada, ou até mesmo que mostra interesse no tal workshop, mas claro que respeita a privacidade da tua avó.
    Duas comparações sem nexo nenhum.

    ResponderEliminar