terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Um beijo ou dois?

Há quem dê um beijinho, quando cumprimenta alguém. E há quem dê dois. Dentro daquelas pessoas que dão apenas um beijo, há ainda as canhotas e as dextras, dependendo do lado para que beijam. Isto sem referir ainda as pessoas a que estendemos - de forma mais formal - a mão.
Todas estas pessoas referidas convivem entre si, sem nada que as distinga, aparentemente. Perdem-se numa multidão homogénea. E a Terra continua a girar sobre si mesma e em torno do Sol para todo o sempre, sem mais. Pois... não será bem assim.
Por vezes, desconhecidos são apresentados. Meros estranhos cruzam-se e têm que se cumprimentar. "O" beijo. "Ele dará um ou dois? Um? Dois? Estou tão indeciso!!!"
Nada os distingue. Uma multidão homogénea. Lábios iguais a todos os outros. Um ou dois? Um ou dois?
Quanto a mim, para evitar ficar pendurada no segundo e ter que me cruzar desnecessariamente com o hálito alheio, atiro-me sempre para o primeiro beijo, decidida, e fico, depois, num slow motion (que pode significar simultaneamente que sou apenas lenta a retirar-me daquele cumprimento ou que me preparo para o second round), possibilitando, assim, o meu interveniente de ganhar tempo para proceder ao movimento do pescoço e decidir se me beija na segunda face ou se fica por ali.
Não costuma falhar. Invertemos o ónus do segundo beijo e pronto - simples e eficaz.
Agora se me perguntarem o que prefiro? Um único e singelo beijinho.
Argumentos a favor: pode ser mais intimista no momento de darmos o bom dia/ boa noite. Ouvimos aquele "muack" repenicado e tocamos realmente com os lábios. E pode também, nos antípodas osculares, ser mais formal se coincide com alguém que conhecemos apenas no seio profissional. Damos apenas um beijo, evitamos a dança do segundo, em que cruzamos caras desconhecidas a meros centímetros de distância e evitamos também ter que sentir o hálito ali tão perto.
Tenho um outro argumento a favor do único beijo: o segundo vai implicar dois movimentos rápidos e secos, em que praticamente duas pessoas batem com o próprio rosto no rosto alheio, sem motivo aparente. Faz algum sentido? Não para mim... Mais: dois beijos demoram muito, são muitos e eu confesso que não sou grande adepta de dar beijos a desconhecidos. Então quando estou numa festa e tenho que cumprimentar toda a gente, fazer a dança do pescoço para dar dois... Dá-me a preguiça! E é principalmente nesses casos que um "adeus geral" ou um beijo a cada faz mais sentido.
Concordam? Preferem um beijo ou dois?

25 comentários:

  1. Dou sempre 2. Comigo não tinhas hipótese de fugir ao 2º :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adapto-me conforme a pessoa que está do outro lado. :)

      Eliminar
  2. Dois. Na minha terra tem uma conotação de beto emproado dar apenas um.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei que tem essa conotação, mas acho mais prático. ;)

      Eliminar
  3. Anónimo09:26

    Sou igual!! Prefiro um, muito mais prático,evita aquelas danças estranhas do vai que não vai mais um e ainda evita possíveis beijos em sítios indesejados!

    ResponderEliminar
  4. É pá...depende das pessoas. Há pessoas a quem só dois. Há outros a quem dou apenas e só um .Quanto menos melhor!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Quanto menos melhor". Concordo tanto!

      Eliminar
  5. Já para não falar quando vamos decididas a dar um beijo e os outros veem decididos para o aperto de mão e ficamos ali a fazer as duas coisas ao mesmo tempo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim... "Ah já agora deixe-me dar um beijinho" e a mão ali agarrada. :)

      Eliminar
  6. Eu dispenso beijinhos, n gosto de muito contacto físico, proximidade. É coisa q me incomoda. Nem com a maior parte das pessoas q me são próximas faço isso, qto mais com desconhecidos.

    ResponderEliminar
  7. Prefiro que uma mulher leve dois beijos estando só à espera de um do que um beijo estando à espera de dois.
    Prefiro surpreendê-la (ainda que negativamente) do que deixá-la pendurada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um bom ponto de vista. No fundo, preferes pecar por excesso que por defeito!

      Eliminar
  8. Em familia próxima, só 1 e dos bons! Depois vais dependendo das pessoas com quem te cruzas...e sem ter a tal conotação beta e pedante, prefiro 1...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho que é pena ter conotação beta, porque poupa-se muito tempo com 1. ;)

      Eliminar
  9. Sou adepto de apenas um beijo, mas às vezes recebemos aquelas expressões do género, dá cá outro beijo, estás armado em tio ou quê?! , etc etc.
    Acho mais "higiénico", mais simples,mais prático, para quê andar ali com danças de um lado para o outro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, principalmente quando é muiiiita gente. Cansa!!

      Eliminar
  10. 2 em quem conheço e em quem me é apresentado (por amigos). Se for no trabalho não passo de um aperto de mão.
    Se for mesmo amigo/a do peito, é um hi5 a meia altura, seja homem ou mulher.

    Nunca me habituei a isso de só dar um beijinho mas olha que deve dar jeito na questão de não apanhar com os maus hálitos alheios...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um hi5 também gosto! Nem me tinha lembrado... :)

      Eliminar
  11. Aqui em Dublin não há beijinhos para ninguém e acham isso super estranho! Ficam a olhar de lado... Dão um passou-bem e tá bom! Quando são amigos ou familia dão um abraco :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É como na Alemanha. Inicialmente não sabia que eles não davam beijos, atirava-me lançada com um beijinho e depois é que percebi porque é que ficavam tão rígidos. ;)

      Eliminar
  12. Eu dou 2 a quem não tenho muita confiança, porque aqui também há a conotação de que só 1 é à tio de Cascais xD eheheh.. Nas pessoas com quem tenho muita confiança, dou só um super repenicado ao mesmo tempo que dou um abraço. Mas apesar dessas várias situações de impasse que todos já passamos, a mais estranha é sempre com a namorada do meu irmão, que é estrangeira e dá três! Como estão fora e a vejo poucas vezes normalmente esqueço-me e quando estou a abandonar a situação após o segundo beijinho ela vem tipo girafa em busca do 3º... Sim porque eu tenho sempre que me por em bicos de pé, e normalmente já estou a aterrar quando ela vem xD

    ResponderEliminar
  13. Eu sempre me habituei a dar dois, mas sempre que conheço alguém fico com medo de ficar pendurada ou de deixar a pessoa pendurada.. acho que fica sempre demasiado evidente!

    ResponderEliminar
  14. Ainda há uns dias escrevi um post sobre isso eheh Tenho hábito de dar dois beijinhos aos conhecidos em geral e só um às pessoas mais chegadas, porque dou um beijinho mais "sentido" :) Mas com quem acabo de conhecer é uma dança de pescoço...

    ResponderEliminar