domingo, 27 de janeiro de 2013

A Ana Pedro

Tenho uns amigos que estão à espera dum bebé.
Ela está grávida e a cegonha deverá chegar em Abril.
O nome já foi escolhido: Ana Pedro.
No entanto - soubemos hoje - a Ana Pedro poderá não chegar a constar da Conservatória do Registo Civil enquanto tal. A Ana Pedro poderá não vir a ser chamada por esse nome. O nome Ana Pedro poderá não vir a tornar-se realidade para além deste post.
"Mas porquê?", perguntam vocês, sempre atentos.
Eu explico: é que andámos as duas a pesquisar, por curiosidade, a lista dos nomes admitidos e não admitidos em Portugal e a Ana Pedro não consta da lista. Em princípio não haverá problema e a Conservadora não colocará entraves, se não, a minha amiga pode vir a ter que optar por nomes como:
- Zuleica
- Solôngia
- Marisila
- Lutgalda
- Joscelina
- Cinderela
- Afra.
Uff, assim sim. Se a minha amiga não puder dar aquele nome tão exótico (ela é muito excêntrica), pelo menos tem estes nomes simples e tradicionais à sua disposição.

25 comentários:

  1. Respostas
    1. Anónimo15:22

      Sim, já conheci uma Cinderela! -_-'

      Eliminar
    2. Vejam a lista, a sério... é de rir! :)

      Eliminar
  2. Tenho amigos que deram o nome Ana João. Será que Ana Pedro é assim tão diferente?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é diferente, acho eu. Mas depende da conservadora. Algumas são mais... "conservadoras", literalmente ;)

      Eliminar
  3. Anónimo12:32

    Na pior das hipóteses dizem que Pedro faz parte do apelido!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu espero que nem cheguem a colocar entraves. :) Mas obrigada pela dica!

      Eliminar
  4. Ahahahah :p o que me ri :p
    Ana Pedro é super normal.
    Vai conseguir. Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também acho que sim. Mas aproveitámos e passámos um bocado a rir-nos com os nomes mais estranhos que já vimos. :)

      Eliminar
  5. Eu tenho uma prima que se chama Ana Pedro. E nunca ouvi dizer que tivessem tido algum problema ao registá-la. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também tenho. Grande coincidência. :) E na altura também não colocaram problemas! Só que, como disse, vai depender mesmo da pessoa que encontrarem na conservatória. Este post foi mais a gozar com os nomes permitidos, porque a verdade é que acredito que vão conseguir na boa. ;) Estamos optimistas.

      Eliminar
  6. Lol, esses nomes. Adoro. Cada um melhor q o anterior. Num callcenter onde trabalhei, tive q falar com uma Cinderela. E a piada q me dava cada vez q tinha q dizer Sra. D. Cinderela!! :)

    ResponderEliminar
  7. Afra Zuleica é muito melhor! Lol

    Http://coisquetaiseafins.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  8. Anónimo13:20

    Mostra onde é que diz que Ana Pedro não pode ser. Não há nenhum conjunto onomástico a dizer não em Ana Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nós andámos a consultar, por desporto, a lista de nomes que consta do site do Instituto de Registos e Notariado. É a essa lista que me refiro aqui. Lá não aparece sequer este "conjunto onomástico", para te citar. Se tiveres informações diferentes, podes partilhar? Tenho todo o gosto em aprender.

      Eliminar
    2. Anónimo15:52

      Ana Pedro é admitido. Não consta da lista que referes porque nunca foi submetido a apreciação. Precisamente porque é admitido, ou o teu raciocínio foi se não costa da lista é proibido?

      Eliminar
    3. Bem, estás mesmo preocupado, anónimo! E nem sequer és o pai da criança. Obrigada! Esperemos que concordem contigo e não levantem problemas. ;)

      Eliminar
    4. Anónimo16:09

      Disseste que querias aprender.

      Eliminar
    5. Quero muito. Obrigada. Aproveito para retribuir o ensinamento, dizendo que "consta" tem "n".

      Eliminar
    6. Anónimo16:16

      Certo. Assumo lapso de teclar. Bem diferente de ignorância.

      Eliminar
    7. Caro anónimo, o objectivo deste post é partilhar os nomes mais estranhos da lista, de uma forma descontraída e despretensiosa, ou até fazer rir. Lamento que não o tenhas percebido assim. Quanto ao facto de não constar da lista, parece-me a mim que significa apenas que nunca se suscitou o problema, não significa que não se venha a suscitar. Mas esta é a minha humilde opinião e, como te disse sem ironias, tenho sempre todo o gosto em aprender.

      Eliminar
  9. Realmente Ana Pedro é demasiado exóctico hehehehe

    ResponderEliminar
  10. Também tenho uma prima chamada Ana Pedro! ;)

    ResponderEliminar
  11. Eu tenho o nome que tenho hoje porque foi autorizado pela «porta dos fundos».
    Quando os meus pais me foram registar iam um bocado a medo porque na altura não era tão usual dar nome de moço às moças como é hoje. Lá chegados levaram com um redondo 'não'. Deram meia volta e disseram ''não? ai é não? é? então vais ver que já te tramamos.''
    Deram uso a uns connects que tinham no Registo Civil e voltaram no dia seguinte, tendo saído com um vitorioso 'Carlos' na mão!
    Neste caso o factor C ( Carlos!) deu jeito, caso contrário hoje chamava-me Isabel (nada feio, mas mais comum).

    Já com o nome da minha irmã (igual mas com variação do primeiro nome) uns anos depois, não houve problema nenhum.

    Mas uma amiga minha não teve tanta sorte - nasceu no mesmo ano que eu, só uns meses mais tarde, e os pais também queriam Carlos (curiosamente, ficaria com o nome igual ao da minha irmã), mas não tinham connects, então saiu de lá Sofia. E não gosta mesmo nada, preferia Carlos. É um Carlos num corpo de Sofia.

    ResponderEliminar