quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Água na boca

Corriam juntos, estrada fora. Até que começou a chover:
- Esperaaa!
- Então?
- Está a chover tanto! Nem consigo respirar com a chuva a entrar-me no nariz e na boca.
- Oh é tão bom! Eu adoro.
- Mas abrandaa.
- Logo agora que estou com mais pica que nunca. Já nem sequer estou cansado!

Em casa, a tomar banho de chuveiro:
- Fogo, a água está a ficar fria. Que gelo!
- Custa a tocar na cara, não é?
- Na cara? Estás maluca? Nunca lavo a cara no chuveiro. Detesto sentir água na cara.

Às vezes ela sentia que vivia num mundo à parte, só dela. Ou então que ele era bipolar.

2 comentários:

  1. O que eu me ri. Obrigado :)

    homem sem blogue
    homemsemblogue.blogspot.pt

    ResponderEliminar