sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Aprender a pedir desculpa.

Fui estúpida.
Mal-agradecida.
Mimada.
Irritante.
Ridícula.
_______ _________ ________ ________
(preencher com mais adjectivos negativos)
Lembram-se da "coisa fofinha" que ia receber? (aqui)
Pois então vamos lá recuar no tempo.
Ele tinha-me dito que este ano já tinha comprado o meu presente e que tinha a certeza que eu ia adorar. No dia em que chegou (pois foi encomendado na internet) andava a cantar pela casa, com um sorriso de orelha a orelha, uma música qualquer inventada por ele cuja letra seria algo como "jáa chegouuu". Ora, as minhas expectativas foram subindo. Subindo. Subindo. É o mal das expectativas, não é? Dizem-nos bem de algo e elas sobem. E o pior é que depois sentam-se lá no seu pedestal e dali não descem, as preguiçosas. Pois assim ficaram as minhas expectativas: nas alturas, expectantes.
Chegou a Véspera de Natal e tivemos o nosso habitual almoço a dois, no restaurante de sempre. Deu-me uma caixa enorme e um bilhetinho, que dizia, entre outras coisas: "para que a sabedoria te acompanhe sempre". Comecei a pensar numa mala para os livros, super profissional; numa agenda; em livros... Quando abri, era esta t-shirt (cima):


E acho que exclamei qualquer coisa como "ahh uma t-shirt". Mas passados uns minutos não me contive e dei-lhe a entender que não uso t-shirts, que além de ser Inverno não posso trabalhar assim, que era muito engraçada, mas não era para a minha idade e outras coisas que não me lembro. Só sei que ele disse, derrotado: "pronto, troca".

Até que hoje andei a pesquisar na net e descobri que afinal é super trendy (que caraças, ele anda sempre mais actualizado que eu!) e usa-se na minha idade, só tenho que pôr um casaco por cima. E estas imagens convenceram-me totalmente, confesso. E agora estou aqui com um peso na consciência com uma tonelada, que me faz sentir esmagada e pequenina.

Não sei como pedir desculpa, não sei como assumir que fui estúpida e ridícula e todos os nomes acima mencionados. Como se pede desculpa depois disto??

8 comentários:

  1. "Desculpa. Errei. O teu gesto foi muito bonito e adoro a t-shirt" e depois um beijo. Acho que resulta. Acima de tudo porque será sincero.

    homem sem blogue
    homemsemblogue.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! Ou então dou a cara e digo: "dá-me dois estaladões, que eu mereço". :p Porque mereço mesmo, eu sei...

      Eliminar
  2. Bem-feita pr'aprenderes!
    Pedindo...ora essa com uma palavrinha só: Desculpa Amor, foste um doce comigo, preocupaste-te comigo, pensaste em mim e eu não dei o devido valor ao gesto.
    Um beijinho mmmmuiiito docinho...e seja o que Deus quiser...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é. Às vezes sou um bocado estúpida, mas depois sei admitir. Ai se o sentimento de culpa matasse! :( beijinho, Suri!

      Eliminar
  3. HHHHmmmm; tb já fiz uma dessas. Ficamos a sentir-nos mesmo estúpidas! Um beijinho, um desculpa e um obrigada devem resolver a situação!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ontem vesti a t-shirt. Tentei imitar a foto de cima, ahah. Acho que ele percebeu que já gosto muito e me arrependi. :)

      Eliminar
  4. Fazer besteira, querer voltar atrás e ter pouca coragem pra pedir desculpas. Sou muito assim! As desculpas não desfazem o mal feito, mas sinalizam o arrependimento.E é por isso que mesmo muitas vezes faltando corgaem, eu me obrigo a pedir desculpas quando erro.
    :)
    http://sesobrarpapel.wordpress.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E quando o arrependimento é sincero, acho que acabam por nos desculpar. ;)

      Eliminar